quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Lula e a tragédia

Ontem, em mais de um dos seus tontos pronunciamentos, em meio aos seus arroubos, Lula mostrou total desconhecimento de tudo o que acontece em seu país.
Quando ele abre a boca para falar é um desastre para qualquer cidadão mais ou menos alfabetizado, porém ele fala para um povo que é avesso à leitura e que, portanto, acha o máximo seu palavreado, sempre aos berros( abro um parentese para dizer ao presidente que gritar nos discursos não dá credibilidade à sua fala), mostrando-se indignado com fatos mais do que corriqueiros.
O discurso do Lula foi um escárnio: ele propos organizar um grupo de estudos com as principais cabeças pensantes, como se isso fosse possível no seu governo, para saber o que aconteceu com o Estado de Santa Catarina, e que para nos próximos 100 anos, eu disse cem, isso não aconteça novamente. Ora, parece brincadeira , mas não é.
O Lula já está no governo há 7 anos, e se não sabe deveria saber que existem milhões de estudos acadêmicos sobre solo, portos, rios, bacias, vales, drenagem e tudo relacionado às enchentes, desmoronamentos etc.
Presidente: estudos há de sobra, o que resta agora é colocar em prática, o que falta é ação, coisa que seu governo não faz. Precisamos que os dirigentes desse país deixem seus gabinetes e palanques e peguem no trabalho com vontade. Mais grave ainda foi a decisão do governo de liberar 500 milhões da Caixa Econômica Federal com juros à 1,7 % para os desabrigados. Parece que está fazendo uma boa ação. É obrigação, presidente. Essa tragédia mostra o despreparo, a falta de planejamento e a desorganização do seu governo.
Presidente Lula, juros a quase 2% é pra qualquer um, e não pra quem está precisando de ajuda humanitária, que perdeu tudo que guardou por uma vida. O que os desabrigados precisam é de uma mão amiga do governo, nessa hora em que famílias choram a perda de parentes e de suas casas, a mesma mão que tem sido benevolente com os bolivianos, haitianos, equatorianos, paraguaios, e vários países africanos e que o Sr. chama de coitadinhos.
Todo mundo fica repentinamente surpreso. O pranto das vítimas fica estampado na mídia, até a próxima catástrofe.

2 comentários:

Fernanda Petrópolis disse...

O Lula é um maluco irresponsável que faz do poder um jogo de video game como povo,não se deu ao trabalho de ir no local da tragédia, prestar solidariedade as pessoas que tiveram suas famílias desabrigadas, como fazem os governantes de qualquer país civilizado. Ele não perder a oportunidade de fazer política mesmo na desgraça alheia, enquanto a população despolitizada continuar a votar, nada de esencial mudará.

Lea disse...

Lendo seu artigo, lembrei de Petrópolis,nunca ninguém fez nada para melhorar o problema do alagamento e limpeza dos rios. Podemos em breve esperar catastrófe parecida com esta que aconteceu em SC, por décadas de incompetência e neglicência dos seus governantes.